Lamparina

Início » Biográficos

Arquivo da categoria: Biográficos

Veja quem é Donadon

Ticiane Alves

Ele lança polêmicas propositais nas aulas de Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto e parece rir de seus alunos enquanto eles quase se batem na sala de aula, tentando chegar a uma resposta para a questão. Dirige o Instituto de Ciências Sociais Aplicadas dessa Universidade e olha para todos, do alto de sua sala no Padre Avelar, com uma feição soberana. Donadon ainda é o poeta de um movimento literário que nasceu nas terras interioranas de Mariana e já se tornou conhecido em outras partes do mundo. Ele chamado, carinhosamente, pelos amigos de “Dito”. É sambista. Por fim, ele também é pai, marido e avô. (mais…)

Anúncios

Sentimental, eu sou: uma breve biografia de Nádia Charchar

Priscila Santos

Nádia é uma dessas pessoas que emenda um assunto a outro, o que às vezes nos leva a conflitar informações. Observá-la é uma diversão e um desafio. É preciso manter os ouvidos atentos e a cabeço ali, junto a dinâmica das histórias. A gama de contextos é extensa, por isso precisamos nos ater ao que transparece ser mais importante para ela. (mais…)

Barão de Eschwege (1777-1855): os anos da juventude e formação

Cláudia de Cássia Pessoa

Vivia então em Eschwege, uma família de igual nome. Em tempos medievais, os barões de Eschwege eram proprietários de castelos, feudos e aldeias. No decorrer dos séculos, essas propriedades foram se perdendo ao ponto de serem bastante reduzidas. No período em que viveu o nosso biografado, contava tão somente com uma grande propriedade rural denominada “Die Aue”, próximo a cidadezinha.
Da união do barão com uma bela jovem da tradicional família Mosbach, nasce em 15 de Novembro de 1777, o nosso biografado, filho primogênito, Guilherme Luís, que com outros dois irmãos mais novos, Carlos e Ernesto; seriam os continuadores da antiga família Eschwege. (mais…)

Do analógico ao digital: o pioneirismo de Sérgio Mordente

Caroline Pessoa

Impossível falar sobre a história da fotografia em Belo Horizonte, sem citar a história da família Mordente, que desde a década de 60 vem forte mantendo uma tradição de qualidade e pioneirismo no ramo fotográfico.
Após 50 anos no ramo da fotografia, a empresa mais antiga de Belo Horizonte mantém-se firme em seus propósitos e princípios, levando qualidade e bom atendimento a todos aqueles que cruzam suas portas.
Além de fazer parte da história de Belo Horizonte, a Pedro Cine Foto sempre foi referência entre os profissionais e amadores, devido ao pioneirismo no ramo. Com programas que permitem fazer quase tudo do conforto de sua casa, a cada ano a empresa ganha mais clientes. (mais…)

Dona Efigênia: tão mãe quanto Maria

Bruno F Miné

Filha de João Crispim Vieira com Maria Bárbara Vieira, nascida em Congonhas ela viveu uma infância pobre acompanhada de uma súbita mudança para Diogo De Vasconcelos, na época um distrito de Mariana. E durante boa parte da sua vida morou em lugar conhecido popularmente como “piteiras”, lá até hoje é uma comunidade rural, e as casas são bastante distantes umas das outras. Seu nome traduz tudo o que passou na vida. Efigênia vem do grego e quer dizer sacrifício. Assim foi a sua vida. (mais…)